Cuidados com a saúde bucal ajudam a evitar a transmissão do coronavírus

Já são mais de 450 mil casos do novo coronavírus em todo o mundo. O agente causa a Covid-19, doença caracterizada por sintomas semelhantes ao de uma gripe comum que se espalhou a partir da região de Wuhan, na China, infectando milhares de pessoas em mais de 150 países e territórios. Com o aumento exponencial do número de casos da doença, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a situação como pandemia, no dia 11 de março, consequentemente influenciando a rotina de regiões inteiras, que entraram em quarentena.

Devido ao cenário, várias recomendações são feitas por autoridades governamentais de saúde todos os dias a fim de achatar a curva de propagação do vírus e evitar que os hospitais fiquem superlotados. É importante manter os devidos cuidados com a saúde bucal, haja vista que a cavidade oral tem contato direto com o meio ambiente, sendo porta de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde.

Cuide da saúde bucal e evite a transmissão do novo coronavírus!

Assim como as demais medidas de higiene, ter uma rotina adequada, com escovação, uso do fio dental e do enxaguante bucal, ajuda a evitar a transmissão da doença. Tais procedimentos, inclusive, previnem o crescimento de microrganismos na boca que podem circular pelo corpo e baixar a imunidade.

Não coloque a mão na boca

Um dos cuidados mais importantes a ter é não colocar a mão na boca. As mãos estão em contato constante com várias superfícies diferentes - ambientes, pessoas, animais - que nem sempre estão limpas. Elas absorvem todo tipo de bactérias e, sem perceber, levamos a mão à boca, nariz e olhos, que são vias de entrada para o corpo. Sendo assim, evite esse hábito e lave as mãos constantemente.

Beijos devem ser evitados

O beijo é uma forma de carinho bastante utilizada pelos brasileiros. O hábito é, também, uma maneira respeitosa de saudar uma autoridade ou até mesmo os mais velhos. No entanto, a prática deve ser evitada em tempos de coronavírus. Os fluidos da boca também transmitem o vírus.

Fique atento à sua escova de dente

Especialistas recomendam trocar as escovas de dentes após qualquer tipo de problemas de saúde, depois de ter ficado internado no hospital e também em tempos de coronavírus. Além disso, as escovas devem ser trocadas quando as cerdas começarem a deformar ou perder a cor. Outro cuidado importante é não emprestar a escova para outra pessoa, mesmo sendo da família!

Outros cuidados para prevenir o coronavírus

·         Lave as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos, antes e depois de qualquer contato físico.

·          Evite contato com alguém que tenha os sintomas do coronavírus.

·         Limpe as superfícies de contato e as mãos com álcool gel.

·         Evite aglomerações.

·         Saia de casa somente quando necessário.

·         Ao tossir ou espirrar, evite cobrir a boca com as mãos, em vez disso, use o cotovelo.

·         Caso persistam os sintomas e surja falta de ar constante, busque um hospital mais próximo da sua residência.