Representantes do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO-DF) se reuniram, na última segunda-feira (10), com o senador Izalci Lucas (PSDB/DF), a fim de tratar acerca dos impactos da reforma tributária (PEC 45/2019) para os profissionais da saúde, especialmente, os da Odontologia.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Representantes do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO-DF) se reuniram, na última segunda-feira (10), com o senador Izalci Lucas (PSDB/DF), a fim de tratar acerca dos impactos da reforma tributária (PEC 45/2019) para os profissionais da saúde, especialmente, os da Odontologia.

A Reforma Tributária foi aprovada na Câmara dos Deputados no dia 7 de julho e seguirá para o Senado Federal.

De acordo com o senador, ainda não estão definidas as alíquotas para o setor de saúde, mas o Senado irá fazer um estudo antes de levar a PEC ao Plenário.

“É importante lutarmos por um valor justo da tributação e para que a reforma não onere ainda mais os profissionais liberais e as clínicas odontológicas”, afirmou o presidente do CRO-DF, Marco Antônio dos Santos.

Além disso, foi debatida a tributação dos materiais e insumos odontológicos que, muitas vezes, são taxados como produtos estéticos e não de saúde.

O CRO-DF continuará atento à tramitação da reforma tributária e lutará para que sejam definidas condições justas aos profissionais da Odontologia.

CONTINUE LENDO

BLOG

Pesquisa CFO 2024

Pesquisa 2024: Cirurgião-Dentista, o CFO quer saber a sua opinião para te ajudar ainda mais! Veja amis informações clicando aqui!

Agendamento de Atendimento Presencial.

Escolha o local do agendamento abaixo: